Eu sinto muito

by - domingo, janeiro 15, 2017


Eu sinto muito por te atrapalhar. Eu sinto muito por ser controladora. Eu sinto muito por te fazer sofrer. Eu sinto muito por ser tão chata. Eu sinto muito por falar demais. Eu sinto muito por falar de menos. Eu sinto muito por não ser quem você pensava que eu era. Eu sinto muito por sorrir demais. Eu sinto muito por sorrir de menos...

Eu sinto muito por viver no sinto muito. Porque é assim que eu me vejo. Sempre me desculpando, mesmo que internamente. Por ser quem eu acho que as pessoas pensam que eu sou. 

Eu não devia, mas ainda me importo com isso. Crio mil e uma situações onde, de alguma forma, as pessoas não gostam de mim por algo que eu fiz. E enquanto eu faço isso e sofro horrores por dentro, aquela pessoa nem está lembrando da minha existência.

Às vezes a mente pode ser traiçoeira. Se a gente deixar, ela engole o nosso verdadeiro eu e transforma a nossa vida em uma paranoia. E eu não quero mais viver assim. 

Eu vou tentar, todos os dias, não me importar com olhares, cochichos e comentários, principalmente na internet. Eu vou acordar todos os dias e me preocupar com a felicidade da única pessoa que importa: eu. 

Eu sinto muito, mas agora eu vou parar de dizer que eu sinto muito.

You May Also Like

2 comentários

  1. Eu não sei o que te dizer Isabella... Porque do fundo do coração eu queria dizer "você não tem que se desculpar por ser quem você é" (e não tem mesmo), mas sei que não é tão fácil assim a gente ver isso... E seria muito injusto com você não considerar seus sentimentos!
    Sendo assim eu espero que você consiga abandonar esse "sinto muito" aos poucos, mas enquanto ele for necessário pode mandar ver!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Aos poucos eu vou mudando e aprendendo. Mas o importante é que eu já estou no caminho para esse processo.

      Excluir